Paróquia Imaculado Coração de Maria Paróquia Imaculado Coração de Maria, em Santos-SP http://novo.coracaodemaria.org.br/index.php?option=com_content&view=frontpage Sun, 20 Oct 2019 13:30:13 +0000 Joomla! 1.5 - Open Source Content Management pt-br Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo - Missa do Dia http://novo.coracaodemaria.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=866:natal-de-nosso-senhor-jesus-cristo-missa-do-dia&catid=34:apalavra&Itemid=93

A liturgia deste Natal convida-nos a contemplar o amor de Deus, manifestado na encarnação de Jesus… Ele é a “Palavra” que se fez pessoa e veio habitar no meio de nós, a fim de nos oferecer a vida em plenitude e nos elevar à dignidade de “filhos de Deus”.

A primeira leitura anuncia a chegada do Deus libertador. Ele é o rei que traz a paz e a salvação, proporcionando ao seu Povo uma era de felicidade sem fim. O profeta convida, pois, a substituir a tristeza pela alegria, o desalento pela esperança.

A segunda leitura apresenta, em traços largos, o plano salvador de Deus. Insiste, sobretudo, que esse projeto alcança o seu ponto mais alto com o envio de Jesus, a “Palavra” de Deus que os homens devem escutar e acolher.

]]>
frontpage Tue, 24 Dec 2013 13:01:33 +0000
Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo - Missa da Noite http://novo.coracaodemaria.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=535:solenidade-de-natal-missa-da-noite&catid=34:apalavra&Itemid=93

A liturgia desta noite fala-nos de um Deus que ama os homens; por isso, não os deixa perdidos e abandonados percorrendo caminhos de sofrimento e de morte, mas envia “um menino” para lhes apresentar uma proposta de vida e de liberdade. Esse menino será “a luz” para o povo que andava nas trevas.

A primeira leitura anuncia a chegada de “um menino”, da descendência de Davi, dom de Deus ao seu Povo; esse “menino” eliminará a guerra, o ódio, o sofrimento e inaugurará uma era de alegria, de felicidade e de paz sem fim.

]]>
frontpage Mon, 23 Dec 2013 03:00:00 +0000
Oração para ser rezada em família na noite de Natal http://novo.coracaodemaria.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=534:oracao-para-ser-rezada-em-familia-na-noite-de-natal&catid=38:artigos&Itemid=58
Jesus nasceu na humanidade de um estábulo, de uma família pobre (Lc 2,6-7); uns singelos pastores são as primeiras testemunhas do acontecimento. Nesta pobreza se manifesta a glória do céu (Lc 2,8-20). A Igreja não se cansa de cantar a glória desta noite:

A Virgem dá hoje à luz o Eterno. E a terra oferece uma gruta ao Incessível. Os anjos e os pastores o louvam, e os magos avançam com a estrela. Porque Tu nasceste para nós, Menino, Deus eterno! Hoje só será Natal se em ti e em tua família nasce de Maria o Senhor Jesus.

]]>
frontpage Mon, 23 Dec 2013 03:00:00 +0000
Natal, dez considerações http://novo.coracaodemaria.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=865:natal-dez-consideracoes-&catid=38:artigos&Itemid=58

Jesus se fez embrião. Eis o humanismo de Deus, como é exuberante a sua bondade. Se tivessem feito experiências com Jesus ainda embrião, Ele não teria nascido. Todo médico sabe que se alguém usasse sua célula tronco embrionária para experimentos clínicos, ele não teria nascido. Natal é festa de uma gravidez que foi respeitada. Natal é festa da vida.

Jesus passou pelo perigo do aborto. A fidelidade de Maria salvou Jesus do abortamento. Segundo a lei de Israel, a mulher que engravidasse fora do casamento, deveria ser apedrejada. Maria aceitou ser apedrejada, não recorreu ao aborto para salvar a própria vida. A fidelidade e o amor de mãe salvam o filho. Não existimos por acaso ou por cálculo, mas por amor de Deus. “Sou um milagre do amor”. O Amor me quis, eu existo.

]]>
frontpage Mon, 23 Dec 2013 12:06:37 +0000
IV Domingo do Advento http://novo.coracaodemaria.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=864:iv-domingo-do-advento-&catid=34:apalavra&Itemid=93

A liturgia deste IV Domingo do Advento diz-nos, fundamentalmente, que Jesus é o “Deus-conosco”, que veio ao encontro dos homens para lhes oferecer uma proposta de salvação e de vida nova.

Na primeira leitura, o profeta Isaías anuncia que Jahwéh é o Deus que não abandona o seu Povo e que quer percorrer, de mãos dadas com ele, o caminho da história… É n’Ele (e não nas sempre falíveis seguranças humanas) que devemos colocar a nossa esperança.

O Evangelho apresenta Jesus como a encarnação viva desse “Deus conosco”, que vem ao encontro dos homens para lhes apresentar uma proposta de salvação. Contém, naturalmente, um convite implícito a acolher de braços abertos a proposta que Ele traz e a deixar-se transformar por ela.

]]>
frontpage Thu, 19 Dec 2013 00:53:52 +0000
As atitudes fundamentais do Advento http://novo.coracaodemaria.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=269:as-atitudes-fundamentais-do-advento&catid=38:artigos&Itemid=58

Atitude de espera

O mundo precisa de Deus. A humanidade está desencantada e desamparada. As aspirações modernas de paz e de felicidade, de unidade, de comunidade, é terreno preparado para a boa nova. O Advento ajuda-nos a compreender melhor o coração do homem e sua tendência insaciável de felicidade.

A volta a Deus

A experiência de frustração, de contingência, de ambigüidade, de cativeiro, de perda da liberdade exterior e interior dos homens de hoje, pode suscitar a sede de Deus, e a necessidade de “subir a Jerusalém” como lugar da morada de Deus, segundo os salmos deste tempo. A infidelidade a Deus destrói o povo. Sua fidelidade faz sua verdadeira história e identidade. O Advento ajuda-nos a conhecer melhor a Deus e seu amor ao mundo. Dá-nos conhecimento interno de Cristo, que sendo rico por nós se faz pobre.

]]>
frontpage Tue, 17 Dec 2013 03:00:00 +0000
Bento XVI: origens históricas do Natal http://novo.coracaodemaria.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=282:bento-xvi-origens-historicas-do-natal&catid=38:artigos&Itemid=58

Para compreender melhor o significado do Natal do Senhor, gostaria de acenar brevemente à origem histórica desta solenidade.

O ano litúrgico da Igreja, de fato, não se desenvolveu inicialmente partindo do nascimento de Cristo, mas da fé na ressurreição. Por isso, a festa mais antiga do Cristianismo não é o Natal, mas a Páscoa: a ressurreição de Cristo funda a fé cristã, está na base do anúncio do Evangelho e faz nascer a Igreja. Por isso, ser cristão significa viver de maneira pascal, fazendo-se envolver pelo dinamismo que se originou no Batismo e que leva a morrer para o pecado e a viver com Deus (cf Rm 6,4).

A primeira pessoa a afirmar com clareza que Jesus nasceu no dia 25 de Dezembro foi Hipólito de Roma, no seu comentário ao livro do profeta Daniel. Este exegeta nota, depois, que nesse dia se celebrava a Dedicação do Templo de Jerusalém, instituída por Judas Macabeu no ano 164 antes de Cristo. A coincidência de datas significaria, então, que com Jesus, aparecido como luz de Deus na noite, se realiza verdadeiramente a consagração do templo, o Advento de Deus nesta terra.

]]>
frontpage Mon, 16 Dec 2013 03:00:00 +0000
III Domingo do Advento http://novo.coracaodemaria.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=863:iii-domingo-do-advento&catid=34:apalavra&Itemid=93

A liturgia deste III Domingo do Advento lembra a proximidade da intervenção libertadora de Deus e acende a esperança no coração dos crentes. Diz-nos: “não vos inquieteis; alegrai-vos, pois a libertação está a chegar”.

A primeira leitura anuncia a chegada de Deus, para dar vida nova ao seu Povo, para o libertar e para o conduzir - num cenário de alegria e de festa - para a Terra da liberdade.

O Evangelho descreve-nos, de forma bem sugestiva, a ação de Jesus, o Messias (esse mesmo que esperamos neste Advento): Ele irá dar vista aos cegos, fazer com que os coxos recuperem o movimento, curar os leprosos, fazer com que os surdos ouçam, ressuscitar os mortos, anunciar aos pobres que o “Reino” da justiça e da paz chegou. É este quadro de vida nova e de esperança que Jesus nos vai oferecer.

]]>
frontpage Wed, 11 Dec 2013 00:36:08 +0000
A exortação de Francisco http://novo.coracaodemaria.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=862:a-exortacao-de-francisco-&catid=38:artigos&Itemid=58

A primeira exortação apostólica do Papa Francisco, “A Alegria do Evangelho”, equivale a uma carta de intenções, onde o pontífice expõe as razões e o modo como pretende governar a Igreja, à qual está preposto. Dispondo-se a conversar em família, num tom coloquial, simples, franco, direto, a exortação assemelha-se ao programa de governo. Ao seu estilo, o Papa traça alguns perfis sobre o seu modelo eclesial e como entende, daqui pra frente, orientar seus rumos. Chama-nos a atenção como Francisco descreve a missão evangelizadora da Igreja, voltada ao serviço do próximo, com atenção específica para com os sofredores e empobrecidos. Em função dessa intenção objetiva e concreta, o Papa quer a Igreja engajada nas obras sociais, oferecendo uma presença mais efetiva na sociedade, enfrentando a mudança de época. Em função desse objetivo maior, o Papa chama o feito à ordem, querendo colocá-la à disposição, despojando-se de benesses.

]]>
frontpage Wed, 11 Dec 2013 00:21:06 +0000
A presença eterna do Deus que vem http://novo.coracaodemaria.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=861:a-presenca-eterna-do-deus-que-vem&catid=38:artigos&Itemid=58

Quando o povo de Israel, saído do Egito e exposto às agruras do deserto, esquecido das maravilhas que Deus operava em seu meio, começou a murmurar contra a sorte, Moisés lhes proclamou, pela voz de seu servo Aarão: "Hoje sabereis que o Senhor virá e nos há de salvar e amanhã vereis a sua glória". E enquanto Aarão ainda lhes falava, levantando os seus olhos na direção do deserto, o povo viu o céu se escurecer pelo vôo da cordonizes que os alimentariam à tarde, pois, pela manhà, como o orvalho, lhes seria dado o maná, o pão do céu, naquela longa travessia.

Este acontecimento bíblico é bem próprio para os nossos dias e bem servem à nossa reflexão quando nos preparamos para o Natal de Nosso Senhor.

]]>
frontpage Wed, 11 Dec 2013 00:10:13 +0000